Visualização para atrair os Bakenekos

Posted by : Daniele Claudino
segunda-feira, 23 de novembro de 2015


         Recomende que acenda uma vela branca ou amarela e um incenso do Sol ou da Lua (o nome do incenso é esse mesmo, pode procurar, que encontrará) ou qualquer outro de sua preferência, mas não é obrigatório. No entanto, visto que a fumaça do incenso libera energias e a vela ajuda a “puxar” o elemental para essa dimensão.
     Sente-se confortavelmente, preferencialmente, na posição de lótus. Inspire e respire até relaxar todo o seu corpo. Feche os olhos e visualize um gato. Pode ser um adorável filhote ou um elegante gato adulto. Você escolhe. Pode pesquisar imagens na internet, imprimir uma e observá-la até conseguir reproduzi-la em seu pensamento.
        Encare o gato diretamente em seus olhos profundos. Demore-se nisso e não tenha medo. Saiba que este não é um gato comum, mas sim um gato mágico, um bakeneko. Aproveite este momento para abrir seu coração e dizer o motivo o qual o levou a fazer este ritual. Ofereça sua sincera amizade. Apresente-se. Diga seu nome. Fale um pouco de você. Descontraia-se um pouco. Bakenekos são ótimos ouvintes. Se de repente, ele fizer cara de entediado ou fingir que está dormindo, não se ofenda. Ele só está brincando. Faça cócegas nele e continue. Pode ser que ele faça alguma outra gracinha como rolar ou dar a patinha. Se ele der a patinha ou vir em sua direção, significa que ele gostou de você e vai te ajudar a sair dos problemas em que se encontra e/ou será seu guardião. Abrace-o e agradeça. Pode ser que nesse momento, você ouça ele lhe dizendo seu nome ou lhe dando algum conselho. Preste atenção e novamente, não se assuste. Apesar de fofos, alguns bakenekos têm a voz um pouco grossa e, isso pode surpreender, às vezes.
             Se o Bakeneko recuar ou se mostrar um tanto arisco, é um sinal de que ou você o ofendeu ou não merece a sua ajuda. Nesse caso, agradeça a presença dele e abra os olhos imediatamente. Reveja o seu comportamento em relação aos felinos. Pode ser que você não tenha agido muito bem com eles. Faça algo por eles e só depois tente contatá-los novamente. Mas não esquente. Isso é raro. Geralmente, eles só recuam, de forma inofensiva, o que significa que eles não podem ajudar ou não querem. Se perguntar porque, talvez respondam.
          Também, pode acontecer de subitamente, ele se converter num objeto inanimado. Nesse caso, preste bem a atenção no objeto. Todo objeto tem um significado simbólico, descubra o significado do objeto para desvendar a mensagem que o bakeneko está te passando. Geralmente, eles fazem isso quando desejam apresentar a solução de algum problema ou pergunta que lhe foi dirigido.
           Pode ser que o bakeneko tome a forma humana, de repente, e se isso acontecer, esteja preparado. Não se espante. É até melhor para conversarem.
         Se o bakeneko reagiu positivamente a você, prossiga, dizendo:
   Querido (a) irmão (irmã), agradeço de coração por ter respondido ao meu chamado e do meu lado, ficado.
Faça-se sempre presente em minha vida e em minha mente.
Que eu seja capaz de enxergar a saída, mesmo na mais densa escuridão.
Que eu não sinta mais medo e persiga meus objetivos como o gato persegue o rato.

Abra os olhos, devagar.
Deixe a vela e o incenso queimarem até o fim. Jamais apague-os, pois os espíritos não gostam muito de quem lhes dá algo e de repente toma de volta.
         Se não obtiver êxito em sua primeira tentativa, tente outra vez, noutro dia. Observe a Lua e o dia da semana. Cada dia da semana e cada fase lunar possui uma energia diferente. Recomendo que faça essa visualização numa segunda-feira, numa Lua Cheia ou Nova.
        Ah, já ia esquecendo, se os gatos (mesmo os de rua) começarem a se sentirem atraídos por você, é mais um sinal de que conquistou a confiança dos Bakenekos. Portanto, não maltrate estes bichanos, pois, os bakenekos podem se zangar, e aí já viu, né? Não vai querer um deles te assombrando, eu imagino.


*Texto escrito por Lilith Melville.

2 comentários:

Luisa Albuquerque disse...

Oi, queria saber como eu vou velos? Como vou saber que n é a minha imaginação?

Daniele Claudino disse...

Simples: você não controla a sua visualização, tipo, você tenta mas não consegue... Já a imaginação é totalmente controlada por você.

Copyright © 2012 My Kitsune | Another Theme | Designed by Johanes DJ